Ms. Ana Larissa Marques Perissini - CRP 06/71000 - CV: http://lattes.cnpq.br/5769412460995

Rua Lafaiete Spínola de Castro, nº 1562, Boa Vista.
São José do Rio Preto, SP.
Telefone (17) 3305.4778 - 9.8801.0121 (whatsapp)
e-mail: alperissini@gmail.com

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Dúvida sobre criança hiperativa:


Pergunta que uma avó fez no consultório da psicóloga Ana Larissa Marques Perissini:

Meu neto tem 01 ano e 05 meses e é uma criança muito agitada. Será que ele é uma criança hiperativa?

Resposta:
Com 01 ano e 05 meses é muito cedo para se pensar em fazer uma avaliação diagnóstica de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade e, também, é muito cedo para se pensar em um possível transtorno de Hiperatividade.

Nessa idade, a criança pode apresentar algumas dificuldades, como por exemplo:
De prestar atenção quando falam com ela;
De obedecer às ordens que lhe são dadas;
De se manter dentro dos limites razoáveis.
Outro comportamento comum, nessa idade, que geralmente apavora alguns pais são os acessos de fúria.

Devido à criança ainda estar se desenvolvendo ela apresenta imaturidades no domínio motor, adaptador, da linguagem e emocional levando-a se comunicar de maneira inadequada, ou seja, com as famosas birras.

É nesse momento que os pais, avós e familiares precisam ter paciência e controle emocional para lidar adequadamente com o comportamento de birra da criança e dessa forma ajudá-las a conseguir expressar adequadamente os seus sentimentos.

Quando os adultos envolvidos com essa criança não conseguem lidar adequadamente com o seu comportamento de fúria e birra, o comportamento tende a piorar e continuar por longo período, assemelhando-se ao transtorno desafiador ou o próprio TDAH.
Ms. Ana Larissa Marques Perissini.


http://www.transtornos.org/show/art/66/duvidasobrecriancahiperativa.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário