Ms. Ana Larissa Marques Perissini - CRP 06/71000 - CV: http://lattes.cnpq.br/5769412460995

Rua Lafaiete Spínola de Castro, nº 1562, Boa Vista.
São José do Rio Preto, SP.
Telefone (17) 3305.4778 - 9.8801.0121 (whatsapp)
e-mail: alperissini@gmail.com

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

ATIVIDADES PARA OS PAIS TRABALHAREM COM A CRIANÇA PORTADORA DE TRANSTORNO DÉFICIT DE ATENÇÃO


 

É comum encontrarmos, na literatura, diversos profissionais dizendo que a avaliação e o desenvolvimento de um trabalho com o portador de TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade) deve ser feita por uma equipe multiprofissional (pedagogos, psicopedagogos, fonoaudiólogos, psiquiátra e/ou neuropediatra e psicólogos). Sim, esta informação está correta, porém não podemos esquecer das pessoas mais importantes em todo esse processo: Os PAIS e/ou CUIDADORES dessa criança.
 
Durante todo o processo de avaliação da criança devemos estar em constante contato com os pais tanto para realizar um processo lento e cuidadoso de entrevista de anamnese quanto para esclarecer dúvidas que surgem durante o processo de avaliação.
 
Encerrado o processo avaliativo, multiprofissional, chega o momento da devolutiva aos pais e a indicação de quais acompanhamentos serão necessários para auxiliar no desenvolvimento dessa criança.
 
Os pais, continuam sendo de fundamental importância na continuidade desse processo, já que, o trabalho continua sendo em conjunto: PROFISSIONAIS E PAIS.
 
Por isso, nessa fase de acompanhamento psicológico, eu procuro passar para os pais uma lista de atividades para eles fazerem juntamente com a criança. Nessa lista, eu procuro concentrar a indicação de alguns JOGOS:
  1. Jogo da memória;
  2. Quebra-cabeça (aumentando sempre o nível de dificuldade para a criança);
  3. Xadrez;
  4. Dama;
  5. Lince;
  6. Cara a Cara ou Quem é você? 
  7. Tapa certo.
  8.  
    De acordo com Zatz et al. (2006), “os jogos de sociedade, ou jogos de tabuleiro, estimulam o
    raciocínio, a linguagem, a coordenação motora, a imaginação, a criatividade, a concentração e
    a socialização” e, ainda, continuam sendo uma ótima atividade para ser realizada em família.
     
    (PERISSINI, ALM)
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário